PT EN

As Mulheres

Transformam

o Mundo



PT EN

O Mulheres em Movimento 2022 reafirma a confiança nas mulheres e pessoas trans.

O ELAS+ lançou o Edital Mulheres em Movimento 2022: fortalecendo a solidariedade e a confiança.

Vamos investir nas iniciativas e soluções sociais desenvolvidas e lideradas por mulheres e pessoas trans que lutam cotidianamente por justiça social, justiça ambiental, democracia, equidade de gênero, pelo direito à vida e à felicidade.

São muitos desafios. É hora de aprofundar nossa solidariedade e a confiança nos grupos de mulheres e pessoas trans.

Estudo pioneiro conduzido pelo ELAS+, Ativismo e Pandemia no Brasil (2021), revelou que as organizações foram rápidas, criativas e resilientes ao lidar com os desafios impostos pela pandemia, pois puderam contar com a flexibilidade dos recursos. Por isso a sexta edição do Mulheres em Movimento segue oferecendo apoio flexível para que grupos de mulheres e pessoas trans sigam promovendo as transformações necessárias em busca de justiça social e ambiental.

Desde a primeira edição, o programa já apoiou 244 iniciativas nas 5 regiões do Brasil, totalizando mais de R$ 11 milhões investidos em soluções sociais desenvolvidas por mulheres. O Edital Mulheres em Movimento é a consolidação de uma grande aliança em defesa dos direitos humanos, da democracia e da justiça ambiental.



Acesse os Editais anteriores



Acesse os Editais anteriores

2017

2018

2019

2020

2021

Fortalecendo e aproximando as lutas de
justiça de gênero e justiça climática.

Ao longo dos seus 22 anos de atuação, o ELAS+ tem apoiado grupos e organizações liderados por mulheres na luta por sustentabilidade ambiental e bem-estar. As mulheres são parte fundamental da proteção do meio ambiente, de territórios e de saberes tradicionais. Em parceria com GAGGA (Global Alliance for Green and Gender Action) o ELAS+ vai apoiar organizações de base e movimentos sociais liderados por mulheres que atuam pela justiça ambiental e climática no Brasil.

Os desafios de gênero e ambientais estão ligados, e as mulheres estão entre as mais afetadas, mas também são as que estão liderando soluções para enfrentar a emergência climática. Essa iniciativa busca apoiar as mulheres nas suas respostas aos desafios trazidos pelo agravamento do racismo ambiental, violações de territórios indígenas e de povos tradicionais nos últimos anos, assim como o aumento de eventos extremos e desastres ambientais.

#M22

#JuntasPorDireitos

#MulheresEmMovimento

#M22

#JuntasPorDireitos

#MulheresEmMovimento