Institucional
Sobre o Elas
Sobre o Elas
Conselhos e equipe
Concursos
Como contribuir
Notícias
Fale conosco
Fale conosco
 
Assine nosso boletim
Nome
E-mail
 
   
 
   
   
   
Siga-nos no Facebook! Siga-nos no Instagram! Siga-nos no Twitter! Conheça nosso canal no YouTube!

Notícias

O orgulho de estar na lista de Mackenzie-Scott (30/3/2022)
Elas+

 

Receber a notícia de que o ELAS+ Doar para Transformar está na lista de organizações contempladas pelas doações de Mackenzie-Scott me deixou muito emocionada. É gratificante receber esse tipo de reconhecimento e por isso não há palavras para agradecer a essa filantropa que percebeu a importância de ter plena confiança nas estratégias e no trabalho da diversidade de organizações da sociedade civil. São elas que conhecem melhor suas necessidades, realidades, contexto e têm as soluções para seus problemas. Daí também a importância de ter acesso a recursos flexíveis. Isso se traduz nas palavras da própria Mackenzie: “Esta crença na diversidade de vozes inspira também nosso compromisso com uma categoria vital de líderes. A liderança de pessoas que experimentam diretamente as desigualdades. Tanto porque ambas estão informadas com uma visão que ninguém mais poderia ter, como também por estarem dentro da própria comunidade, isso é a semente do poder e da oportunidade”.

Emociona porque o ELAS+ está reverberando mundo afora. Esse reconhecimento mostra que a nossa missão em fortalecer organizações da sociedade civil lideradas por mulheres e pessoas trans está ganhando cada vez mais visibilidade. Há 21 anos estamos apoiando grupos a partir de uma genealogia feminista. Durante essa trajetória, aprendemos com outros Fundos de Mulheres, organizações, ativistas e pensadoras feministas do Brasil e ao redor do mundo. Por isso, acreditamos nessa rede de fundos de mulheres e de justiça social para o fortalecimento de uma filantropia horizontal e de transformação social.

Nessas duas décadas de trabalho no ELAS+, escutei muito mais ‘nãos’ do que ‘sins’ e nunca me deixei levar pela negatividade. Acreditei e me comprometi sem parar. Em 2000, tendo chegado do México há 5 anos, propus um Fundo para mulheres. Não existia nada semelhante no Brasil! Quatro companheiras brasileiras, de diversos movimentos sociais (movimento negro, movimento de mulheres lésbicas, movimento feminista, e movimento cultural), acreditaram na minha ideia e toparam construir o ELAS+ Doar para Transformar! A mídia achava que o feminismo tinha saído de moda e acreditava que as mulheres no Brasil já tinham conquistado tudo! Eu sabia que isso não era verdade.

O que recebemos agora não é só uma doação em dinheiro, é um reconhecimento e um voto de confiança para as organizações de mulheres e LBTIs, para o ELAS+ Doar para Transformar! Não desisti! Fui me comprometendo com a construção coletiva do ELAS+, participava das reuniões sobre filantropia e investimento social, tanto no Brasil quanto internacionalmente, onde colocava a pergunta:

“Onde está o dinheiro, o recurso para organizações de mulheres?

De acordo com estudos da Oxfam, as mulheres são responsáveis por 75% de todo trabalho de cuidado não remunerado no mundo.  Os dados, contemplados pela pesquisa Tempo de Cuidar, divulgado às vésperas do Fórum Econômico em Davos, na Suíça, substanciam a realidade de que mulheres são, comprovadamente, as mais afetadas pelas desigualdades mundiais. Portanto, é mais que justo que acessem recursos, principalmente aquelas que trabalham por equidade de gênero e raça, como é o caso de organizações de mulheres nos diversos movimentos sociais.

Mackenzie Scott, com sua intenção diferente e generosa de doar, a partir da confiança, da escuta atenta, da vivência e das experiências de outras lideranças que estão aplicando esses importantes valores na tomada de decisões para fazer suas doações, me atrevo a dizer, está dando pistas para outros e outras filantropas para se espelharem, e está inovando no ecossistema filantrópico tradicional do mundo.

Mackenzie Scott deixa plasmada sua total confiança em todas as organizações contempladas, nos deixa livres em nossas estratégias, metodologias, conhecimentos, experiências, sabedorias, necessidades e critérios de como iremos usar o recurso que será doado, dando assim a oportunidade de nos fortalecermos de acordo com o que somos e com o que fazemos. O jeito que Mackenzie doa é o jeito que Fundos de Mulheres como ELAS+ e os fundos de filantropia de justiça social doam a partir da confiança. Esse foi e é o nosso maior aprendizado nestes 21 anos.

A todas as outras organizações apoiadas pelas doações de Mackenzie-Scott: parabéns e vamos juntes continuar nossa luta por um mundo mais justo para todos os seres humanos, com equidade de gênero, racial e sem discriminações nem desigualdades. Preciso também agradecer às pessoas que fizeram parte da fundação e aos conselhos do ELAS+, além das coordenadoras, equipe e todas as mulheres que já passaram pela nossa organização. Sem elas, nosso trabalho não seria possível.

Às entidades e empresas parceiras, financiadoras e apoiadoras do ELAS+, muito obrigada por acreditarem no nosso trabalho e seguiremos firmes na missão de doar para transformar.

Amalia E. Fischer P. -  Idealizadora, co-fundadora e Coordenadora Geral do ELAS+

 
 
Tel +55 (21) 2286-1046 / Fax 55 (21) 2286-6712 - E-mail: elas@fundosocialelas.org
Caixa Postal: 9009 / CEP: 22270-014
CNPJ: 04.575.388/0001-00
Site desenvolvido por FW2 Agência Digital