PT | EN | ES
Os projetos apoiados pelo Fundo ELAS através do Elas nas Exatas, concurso realizado em parceria com Instituto Unibanco e a Fundação Carlos Chagas, já estão levando a discussão das mulheres nas ciências exatas e tecnologias para escolas de todo o país e prepararam atividades especiais para o mês da mulher.
 
No dia 4 de março aconteceu o lançamento do projeto Virando o Jogo – Elas nas Exatas, realizado pelo GAMI – Grupo Afirmativo de Mulheres Independentes do RN na Escola Estadual Paulo Pinheiros de Viveiros – Conjunto Nova Natal, em Natal, RN. O GAMI pretende mobilizar as meninas através do esporte (futebol feminino) e da arte (música) para atuar diretamente nas ações desenvolvidas pelo projeto, buscando fomentar o ingresso feminino em cursos nas áreas de Ciências Exatas e Tecnologias. “Queremos contribuir para a criação de espaços de reflexão e discussão dos temas educação, profissionalização e juventude, estimulando a autonomia e o senso crítico das jovens, a fim de favorecer a redução das desigualdades de gênero”, explicam as organizadoras.
 
 
Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o projeto Engenheiras da Borborema vai realizar um ciclo de palestras e mesa redonda para promover e fortalecer a atuação de mulheres na área de ciências exatas. “Será uma homenagem a todas as profissionais desta área em um dia muito especial”, convidam.  As participantes terão a oportunidade de ouvir a diretora do Centro Tecnológico da Universidade Federal de Campina Grande e de conhecer diversas especialistas.
 
A palestrante Weruska Brasileiro Ferreira discutirá o tema "Por que ser engenheira no Brasil?". Já a Prof. Dra. Daniella Dias Cavalcante da Silva fará apresentação intitulada "Projeto Informática em Libras: um dicionário para inclusão", enquanto a pesquisadora Luiza Cirne fará palestra sobre “Saneamento Ambiental: O papel das mulheres na coleta seletiva solidária”.
 
A atividade acontece no dia 8 de março, no Centro de Extensão José Farias Nóbrega – UFCG, de 8h às 18h. A entrada é franca e as inscrições devem ser feitas nesse link. Saiba mais sobre o evento aqui.
Saiba mais aqui.
 
O projeto Empoderadas também vai trazer o tema da participação das mulheres na tecnologia para o mês de março. O projeto visa ampliar a discussão e a representatividade de gênero na área tecnológica, e incluirá oficinas de capacitacão audiovisual com adolescentes da rede pública e gravação de quatro episódios especiais de uma websérie com mulheres negras atuantes nas áreas de tecnologia como protagonistas.
 
Em março, haverá também um ciclo de bate papo com mulheres negras, a partir do dia 8. A primeira convidada é a arquiteta e urbanista Joice Berth. Os ciclos acontecerão o longo do mês na Escola Estadual Quintiliano José Sitrangulo, na Vila Carmosina, em São Paulo.
 
Confira a programação:
 
Translate »