De Brasil al mundo: el compromiso global de ELAS+ con la filantropía feminista

por | nov 29, 2023 | Editais | 0 Comentários

Wania Sant’anna, integrante da Assembleia do ELAS+, como mediadora da mesa que debateu “Filantropia de Transformação” no WINGS Forum

O ELAS+ acredita que a filantropia feminista é um catalisador poderoso para influenciar transformações positivas, tanto no terceiro setor, como no ecossistema filantrópico de maneira geral. O ano de 2023 marcou a retomada robusta dos encontros e conferências que reúnem redes e fundos de todo o mundo. Entendemos que a nossa participação nesses espaços é fundamental e uma ótima oportunidade de demonstrar como o ativismo de mulheres cis, trans e outras transidentidades é essencial para construção de um mundo com mais justiça social.

Sabemos que as mulheres desempenham um papel central nesse movimento, como protagonistas dos movimentos sociais. A participação ativa delas na filantropia tem impactos profundos, moldando agendas, prioridades e estratégias. Essa abordagem inclusiva assegura que as soluções propostas vão contemplar todas as complexidades das questões de gênero e de raça que precisamos enfrentar.

Foi esse o ponto de vista que defendemos em todos os eventos internacionais que participamos ao longo do ano. Em 2023, marcamos presença no Humanity Summit (Portugal), na EDGE Conference (Alemanha), no WINGS Forum (Quênia), no EFLAC – Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe (El Salvador), no Feminist Alchemy (Quênia), no Shift the Power (Colombia) e na COP 28 (Dubai).

Participamos também de reuniões importantes envolvendo representantes globais do terceiro setor, como o “Engajamento da Filantropia nos países do G20″, realizada no Brasil, o encontro de GAGGA (Global Alliance for Green and Gender Action), que aconteceu na Holanda,  e do OTRT (On The Right Track), no Chile. 

Além disso, anunciamos com exclusividade para a revista Forbes de Portugal, o propósito de expandir nosso alcance para além do Brasil e fomentar uma rede de fundos de mulheres de países de língua portuguesa.

Ocupar esses espaços com a perspectiva da filantropia feminista reforça nossa missão de mobilizar recursos para investir nas iniciativas lideradas por mulheres. O ELAS+ acredita que isso fortalece as organizações do terceiro setor e, ao desafiar paradigmas tradicionais, encorajamos outras formas de filantropia a também priorizarem a equidade de gênero.

Nosso compromisso para 2024 é continuar atuante no cenário internacional e inspirar novos acordos pelas causas feministas para assim impactar positivamente comunidades em todo o mundo. Essa união constrói pontes para um futuro onde a equidade de gênero seja uma realidade global.